investigadores

Luís Manuel Aires Ventura Bernardo

Investigador

lm.bernardo@fcsh.unl.pt

Professor Auxiliar, com Agregação, de Nomeação Definitiva, do Departamento de Filosofia da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

Após ter sido investigador e Subdirector do Centro de História da Cultura é, actualmente, investigador e Subdirector do CHAM, com o pelouro das edições.

Desenvolve a sua investigação na linha de Pensamento Moderno e Contemporâneo sobre temas que cruzam a Filosofia da Cultura (incluindo a Filosofia da Educação e a Filosofia em Portugal) e a Filosofia do Conhecimento e da Linguagem (na vertente da Hermenêutica).

Percurso académico

1986 – Licenciado em Filosofia, pela Universidade Católica Portuguesa.
1991 – Mestre em Filosofia, especialidade Filosofia Geral, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, com a dissertação A Filosofia Moral de Eric Weil.
1998 - Doutor em Filosofia, especialidade Filosofia Geral, pela Faculdade de Ciências Sociais Humanas da Universidade Nova de Lisboa, com a dissertação Linguagem e Discurso: uma Hipótese Hermenêutica sobre a Filosofia de Eric Weil.
2006 – Agregação, no Grupo de Filosofia, Disciplina de Filosofia da Educação.

Algumas publicações

Livros

- O Essencial sobre Martinho de Mendonça, Lisboa, Imprensa Nacional - Casa da Moeda, 2002.
- Linguagem e Discurso: uma Hipótese Hermenêutica sobre a Filosofia de Eric Weil, Lisboa, Imprensa Nacional - Casa da Moeda, 2003.
- O Projecto Cultural de Manuel de Azevedo Fortes: um Caso de Recepção do Cartesianismo na Ilustração Portuguesa, Lisboa, Imprensa Nacional - Casa da Moeda, 2005.
- Tradução, prefácio e notas de Carta sobre os Cegos para Uso Daqueles que Vêem e Aditamentos à Carta, de Denis Diderot, Lisboa, Vega, 2007.
- O Essencial sobre Vieira de Almeida, Lisboa, Imprensa Nacional - Casa da Moeda, 2008.
- Tradução, prefácio e notas de Pensamentos sobre a Interpretação da Natureza de Denis Diderot, de Denis Diderot, Vila Nova de Famalicão, Húmus, 2012.
- Views on Eighteenth Century Culture: Design, Books and Ideas (edição com Leonor Ferrão e artigo "The Eucharistic Accidents and the Soul of the Brutes: Aspects of Cartesianism in Recreação by Teodoro de Almeida"), Newcastle upon Tyne, Cambridge Scholars Publishing, 2015.

Outros estudos

- “Questões de Hermenêutica”, A Filosofia Política no Integralismo Lusitano, Lisboa, UCP, 1987, pp. 6-39. Obra agraciada com o prémio Luís de Almeida Braga, atribuído pela Fundação Calouste Gulbenkian.
- "A Filosofia Moral de Eric Weil, uma Lógica da Filosofia Moral?", Análise, nº 16, Lisboa, Colibri, 1993, pp. 77-90.
- “Introdução a Para repelir a Jactância, O Mesmo acerca da Soberba e Exortação à Humildade”, Opúsculos Morais de S. Martinho de Dume, Lisboa, Imprensa Nacional - Casa da Moeda, 1999, pp. 18-23.
- “O Problema da Experiência na Lógica da Filosofia de Eric Weil”, Quid – Revista de Filosofia, Lisboa, Cotovia, 2000, pp. 391-406.
- “O Fascínio da Presença: Linguagem e Discurso na «Logique de la Philosophie» de Eric Weil”, Revista da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, nº 13 (Cognição e Linguagem), Lisboa, Colibri, 2000, pp. 233-246.
- “A Filosofia em Acção: Construção e Transmissão do Conhecimento Filosófico”, Revista da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, nº 14, Lisboa, Colibri, 2001, pp. 153-161.
- “Presença de Santo Agostinho na Logique de la Philosophie, de Eric Weil”, Actas do Congresso Internacional «As Confissões de Santo Agostinho, 1600 Anos Depois: Presença e Actualidade», Lisboa, Universidade Católica Editora, 2002, pp. 523-535.
- “O Regresso da Filosofia da Educação: Novos Desafios para uma Velha Disciplina”, Revista da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, nº 14, Lisboa, Colibri, 2003, pp. 203-210.
- “Contrastes Dialécticos na Actualidade: Multiculturalismo e Interculturalidade”, Os Longos Caminhos do Ser – Homenagem a Manuel Barbosa da Costa Freitas, Lisboa, Universidade Católica Editora, 2003, pp. 53-73.
- “Brevíssimas Considerações sobre o Termo «Herói Moral»”, Caminhos do Pensamento: Estudos em Homenagem ao Professor José Enes, Lisboa, Colibri/Universidade dos Açores, 2005, pp. 335-354.
- “A Equivocabilidade do Sujeito de Enunciação na Teoria do Ser e da Verdade de José Marinho: «Nenhuma Filosofia sem uma Teoria do Amor»”, Actas do Colóquio Sobre o Pensamento de Álvaro Ribeiro e José Marinho, Lisboa, Imprensa Nacional - Casa da Moeda, 2005, pp.123-139.
- “Conclusões do Colóquio ‘Teilhard de Chardin: Evolução e Esperança’”, Lisboa, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, 2005, pp. 153-158.
- “Liberdade ou Satisfação: a Crítica de Eric Weil ao Existencialismo”, Actas do Colóquio Internacional Jean Paul Sartre: uma Cultura da Alteridade, Filosofia e Literatura, Lisboa, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, 2006, pp.277-290.
- “Metafísica dos Materiais: O ‘Problema de Arquitectura Civil’ de Matias Aires”, Convergências e Afinidades - Homenagem a António Braz Teixeira, Lisboa, Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa/Centro de Estudos de Filosofia da Faculdade de CiênciasHumanas da Universidade Católica Portuguesa, 2008, pp. 459-471.
- “Uma Lógica da Filosofia da Educação? Considerações à Volta de uma Ideia”, Anais do IV Colóquio Franco-Brasileiro de Filosofia da Educação - Filosofia, Aprendizagem, Experiência, Rio de Janeiro, Universidade Estadual do Rio de Janeiro, 2008, pp. 1-22. Cd-Rom ISBN 978-85-89239-57.
- “Conhecimento e Realidade em Delfim Santos”, Delfim Santos e a Escola do Porto (Actas do Congresso Internacional), Lisboa, Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 2008, pp. 277 –297.
- “Le substrat cartésien de la conception cartographique de Manuel de Azevedo Fortes, Engenheiro-Mor de D. João V”, Odisei II: O Cartografie Identitaria – Studii de Caz, Bucareste, Universidade de Bucareste, 2009, pp. 180-203.
- “À volta da hibridez discursiva: questões de textualidade e educação”, Itinerários de Filosofia da Educação, nº 9/2º Semestre de 2010, Porto, Afrontamento, 2010, pp. 119-152
- “Reasons of Violence, Violence of Reason: an Interpretation based on Eric Weil’s Core Paradox”, Diogo Pires Aurélio & João Tiago Proença (eds.), Terrorism: Politics, Religion, Literature, Newcastle upon Tyne, Cambridge Scholars Publishing, 2011, pp. 35-67.
- “A Discussão entre Política e Educação: à volta de Eric Weil e de Jurgen Habermas”, Michel Renaud & Gonçalo Marcelo (coords.), Ética, Crise e Sociedade, Lisboa, Húmus/CHC, 2011, pp. 267-299.
- “Quelques considérations sur le devenir de l’espace public: um bref essai de metaphilosophie”, Pereira, P., Espaço Público: Variações Críticas sobre a Urbanidade, Porto, Afrontamento, 2012, pp. 183-203.
- “Percursos da filosofia do conhecimento no século XX em Portugal e no Brasil” (coordenação científica e artigo “Introdução ao problema do conhecimento em Pontos de Referência de Francisco Vieira de Almeida”), Cultura – Revista de História e Teoria das Ideias, II Série, vol. 29, Lisboa, Húmus/CHC, 2012.
- "La nouvelle du tremblement de terre est arrivée à Königsberg: les écrits de Kant sur l’évènement", Revue de métaphysique et de morale, n.° 78, Paris, PUF, 2013, pp. 185-213.
- "Martinho de Mendonça: un représentant des Lumières portugaises", Armelle St. Martin/Sante Viselli (dir.), Les Lumières au-delà des Alpes et des Pyrénées – communications, transferts et échanges, Paris, Hermann, 2013, pp. 123-150.
- "Sentido e Transcendência: algumas reflexões a propósito da crítica de Pierre-Jean Labarrière ao Homem Unidimensional de Herbert Marcuse", Síntese – Revista de Filosofia, vol. 40, n.º 127, Belo Horizonte, Maio/Agosto 2013, pp. 225-255.
- “A Retomada na Filosofia de Eric Weil” (coordenação científica, com Patrice Canivez e Evanildo Coteski, e artigo "Retomar: uma condição narratológica de textualidades comuns"), Cultura – Revista de História e Teoria das Ideias, II Série, vol. 31, Lisboa, Húmus/CHC, 2013.
- "Une première dernière œuvre: quelques réflexions à propos des Pensées sur l’interprétation de la nature de Diderot", Bruno Petey-Girard/Marie-Emmanuelle Plagnol-Diéval (dir.), Première Œuvre, dernière œuvre: écarts d’une écriture - Actes du colloque international, Paris, Classiques Garnier, 2014, pp. 143-171.
- "Pensar o Prévio do Pensar: o Pari de Vergílio Ferreira", Ana Clara Santos et al. (dir.), L’exil et le royaume: d’Albert Camus à Vergílio Ferreira, Paris, Éditions Le Manuscrit, 2014, pp. 135-165.
- "O herói moral na Filosofia Moral de Eric Weil", Argumentos - Revista de Filosofia, Ano 6, n.º 11, Fortaleza, Jan./Jun. 2014, pp. 29-48.
- "Le souci du «canon» chez Teodoro de Almeida: les Lumières portugaises entre affranchissement et conformité", Dix-huitième siècle, n.º 46, Paris, La Découverte, 2014, pp. 603-621.
- "Diderot et la morale" (coordenação científica com Colas Duflo e artigo "Diderot: Carta a Paul Landois"), Cultura – Revista de História e Teoria das Ideias, II Série, vol. 34, Lisboa, Húmus/CHAM, 2015.
- Entradas "Jerónimo Osório"; "Tratado da Justiça"; "Manuel de Azevedo Fortes"; "Martinho de Mendonça"; "Matias Aires"; "Reflexões sobre a Vaidade dos Homens"; "Almada Negreiros"; "Délio Nobre Santos"; "Vasco de Magalhães-Vilhena"; "Vieira de Almeida"; "Pontos de Referência"; "José Enes"; "Á Porta do Ser", in Ganho, M.ª de Lourdes Sirgado (coord.), Dicionário Crítico de Filosofia Portuguesa, Lisboa, Círculo de Leitores, 2016.
- "Alguns Aspectos da Relação entre Filosofia e Poesia na Obra de José Enes", Celeste Natário, Nuno Júdice, Paulo Motta e Renato Epifânio, Filosofia e Poesia: Congresso Internacional de Língua Portuguesa, Porto, Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 2016, pp. 207-229.
- "Mal-estar na Educação: o declínio do Humanismo", Mariana Gaio Alves et al. (orgs.), A Educação na Europa do Sul, constrangimentos e desafios em tempos incertos, Actas da 1.ª Conferência Ibérica de Sociologia da Educação, Lisboa, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, 2016, pp. 42-56.
- "O Estado à Prova dos Novos Discursos da Obra", Marcelo Perine e Evanildo Costeski, Violência, Educação e Globalização - Compreender o nosso tempo com Eric Weil, São Paulo, Loyola, 2016, pp. 103-139.
- "Aventuras de Diófanes (1752), un avatar des Aventures de Télémaque écrit sous pseudonyme par Teresa Margarida da Silva e Orta", Fabrice Préyat (ed.), Femmes des Anti-Lumières, Femmes apologistes, Études sur le 18e siècle, vol. 44, Bruxelas, Éditions de l’Université Libre de Bruxelles, 2016, pp. 39-58.
- "The New Golden Age: the Cultural Memory of the Discoveries in the Portuguese Enlightenment Imaginary", Mihaela Irimia, Dragoş Manea, and Andreea Paris (eds.), Literature and Cultural Memory, Internationale Forschungen zur allgemeinen und vergleichenden Literaturwissenschaft, vol. 194, Leiden, Brill/Rodopi, 2017, pp. 155-172.
- "Liberdade de Ensinar: o quê?, a quem, porquê?", José Justino (dir.), Lei de Bases do Sistema Educativo: balanço e prospetiva - Volume II, Lisboa, Conselho Nacional de Educação, 2017, pp. 511-542.
- "Manter a abertura do campo dos possíveis: breves considerações sobre a tese de Michel Foucault de que o poder está em todo o lado", Kalagatos – Revista de Filosofia, Dossiê Biopolítica, vol. 14, n.º 2, Maio-Agosto 2017, pp. 7-20.
- "Un cas de réception de la médecine de Georg-Ernst Stahl parmi les Lumières portugaises: l’ Historiologia Médica de José Rodrigues de Abreu", HERMENEIA: Journal of Hermeneutics, Art Theory and Criticism, vol. 19, 2017, pp. 43-59.